Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

riscos_e_rabiscos

.

.

Já passou...!

A ressonância magnética está feita. Tal como os TAC, não dói. Lá fiquei eu enfiadinha dentro da máquina com os barulhos típicos deste exame (parece que temos uma betumeira mais 500 trabalhadores das obras em cima de nós a trabalhar), mas deram-me uns tampões para os ouvidos... menos mal. Fiquei sugadita a respirar devagarinho e sem me xer. Portei-me bem. Vejam lá que eu quase que adormeci.

Os técnicos eram simpáticos e foram sempre perguntando se eu estava bem e também me iam explicando o que ia acontecendo e quanto tempo ia demorar aquela fase. Õ chato mesmo é a imobilidade total. Às tantas deu-me uma vontade horrível de tossir. Mas o auto-controlo é uma coisa fabulosa. A única coisa chata foi um pormenor humilhante que eu desconhecia, mas que fazia parte do exame - e eu não sabia. Não vou revelá-lo aqui porque não sofro de falta de decoro. :P

Vamos ver o que vai acontecer no próximo exame médico...

Hoje ouvi uma coisa, mais uma vez no bus, que me revoltou até às entranhas... Como é que é possível em pleno século XXI? É aviltante...

Vinham duas senhoras africanas sentadas atrás de mim, a conversar sobre as suas vidas e sobre os seus trabalhos. às tantas oiço uma dizer que se tinha inscrito não sei onde e que foi chamada para entrevista. Ela lá foi toda contente porque estava desempregada. Quando lá chegou levou com um iceberg na cabeça, não foi com um balde de água fria.

Os entrevistadores assim que olharam pra ela disseram-lhe logo declaradamente: " tu não deves ficar porque eles não aceitam pretas". Sinceramente, indignou-me e doeu-me ouvir isto. Como é que há pessoas assim repugnantes? Imaginem lá vocês, que estão desempregados, serem rejeitados não pelo facto de não terem qualificação mas porque são pretos?!?!?

Nós podemos escolher a nossa cor da pele? Há diferença entre os seres humanos só porque não somos brancos? A mim irrita-me profundamente porque sou colorblind em relação aos seres humanos. Talvez tenha a ver com a formação pessoal e com a minha profissão mas posso afirmar com toda a felicidade do mundo que NÃO SOU RACISTA!

Tenho dito!

 

1 comentário

Comentar post